quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

7 Dicas para o treino de Pilates durante a gravidez

1. Não espere fazer ganhos e avanços físicos durante o tempo da gravidez. Use esta oportunidade de aprender sobre seu corpo e respeita-lo. Este não é o momento de experimentar novos exercícios desafiadores.
2. Hidrate-se mais do que o normal! A necessidade de água aumenta durante a gravidez - especialmente quando você está se exercitando.
3. Evite movimentos de ponta, como alongamentos extremos, Moira Merrithew, instrutora e fundadora da STOTT PILATES adverte. “O melhor é trabalhar em estabilizar as articulações e manter-se forte e consistente“.
4. A partir do segundo trimestre, muitos especialistas - incluindo o American Council on Exercise – desaconselham ficar deitada sobre as costas por mais de alguns minutos por hora, devido ao peso do útero que pode comprimir as veias cavas (responsáveis por irrigar o coração) e causar problemas circulatórios tanto na mãe quanto no bebê.
5. No terceiro trimestre, você pode usar um travesseiro para apoiar sua barriga nas posições laterais, minimizando um pouco o peso de suas costas. Merrithew acrescenta “Alguns exercícios de apoios ajudam a aliviar pressão e os exercícios de tornozelo e pés são ótimos, nesta fase, para aumentar a circulação”.
6. Esteja consciente de seu corpo, e pare o exercício se você se sentir cansada, com falta de ar ou tensa. O momento do exercício é um tempo só seu, mas esteja consciente de que mais alguém está se exercitando com você”.
7. Lembre-se que o Pilates não é apenas para as 40 semanas de gestação, mas também prepara a mulher para os rigores físicos do parto e os cuidados com o recém nascido. Estar em forma fisicamente vai ser de grande ajuda nas atividades diárias de nova mamãe.

Fonte: PilatesStyle Magazine / out2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário